Skip to content

Asma: sintomas, causas e tratamentos

A asma é uma doença respiratória crônica, o que quer dizer que não se cura, se vive com ela. No entanto, com os cuidados e a atenção adequada, você pode controlar.


Este transtorno é gerado porque os brônquios (tubos encarregado de transportar o ar para os pulmões), se inflamam, causando uma obstrução que pode ser maior ou menor, conforme o caso.


Não se sabe qual é a exata causa da asma, até o momento, acredita-se que está associada a fatores genéticos (a presença da doença nos pais, supõe uma carga hereditária que pode transmitir a doença; as alergias hereditárias podem também ser um factor influente e até mesmo certas infecções respiratórias adquiridas durante a infância) e ambientais, como o frio, o exercício, as partículas de poeira, produtos químicos, fumaça ou os resíduos do cabelo animal, estímulos que podem ser desencadeantes da doença.


Sinais e sintomas


A dificuldade para respirar, sensação de falta de ar e os ruídos sibilância no peito, são talvez os sintomas mais comuns.


Os seguintes sinais podem indicar a doença da doença:


– Suspiro ou falta de ar
– Tosse
– Sensação de opressão torácica
– Sibilancia
– Fadiga


Se estes se agravarem, se produz a famosa “crise de asma”, a qual pode durar vários dias, dependendo da gravidade e os fatores ambientais (fumo de tabaco, contaminantes externos, poeira, frio, etc.) a que está exposta a pessoa.


Como tratá-la?


Uma vez identificados estes indícios, o mais aconselhável é ir ao médico e solicitar radiografias do tórax e vários testes para saber se a origem é causada por alergias ou tem alguma relação com problemas cardíacos.


As fórmulas e medicamentos que melhor se ajustem às condições e grau da doença do paciente, depende do critério e a avaliação que o médico faça do caso.


Além de seguir o tratamento, é de vital importância manter-se afastado dos fatores que contribuem para agravar a asma.
Estima-Se que cerca de 5% da população mundial sofre de asma, ou seja, cerca de 300 milhões de pessoas, no entanto, ainda não existe uma cura, é possível controlá-la para viver uma vida saudável e bem-estar.


Eu vi os detalhes desta doença? Você sofre de asma ou se você tem algum familiar nesta situação?
Lembre-se que é muito importante visitar um especialista e nunca auto farmácia!


Um grupo de profissionais em diferentes áreas da saúde está à sua disposição para resolver as suas preocupações.

Fale com nossos especialistas