Skip to content

Categoria: Dicas de Saude

Alimentação do bebê após a amamentação

Embora se recomende que a criança se alimente com leite materno até que se cumpra seu primeiro ano de vida, a partir dos 4 ou 6 meses, é possível combiná-lo com elementos nutritivos, como frutas e legumes, fato conhecido como ablactación. A seguir apresentamos um modelo ideal para que o infante não prejuízo para o fim da amamentação.


Amamentação, Ablactación, Leite materno, Hábitos alimentares do bebê


O leite materno é o melhor alimento que uma criança pode receber recém nascidos, já que fornece os nutrientes de que precisa e lhe fornece importantes anticorpos para combater doenças e alergias. No entanto, depois de 12 meses deixa de ser adequada, devido ao seu teor em proteínas é insuficiente e vai perdendo nutrientes essenciais como zinco, cobre, ferro e potássio.


É por isso que os pais devem assegurar-se de que um bebê adote progressivamente novos hábitos alimentares que contribuam para o seu desenvolvimento, uma vez que a mulher consegue fazer-se de mais tempo para se recuperar adequadamente de gravidez (tanto pelo aumento do consumo de nutrientes como pela inibição do ciclo menstrual) e, como acontece cada vez mais frequentemente, conte com a oportunidade de voltar a suas atividades laborais.


Assim, estabelece-se que no primeiro ano de vida, existem três fases de alimentação do bebê, cujos limites são apenas uma aproximação, que deve ser acordado com a orientação de um médico pediatra:



  • Amamentação. Propriamente dita, que vai desde o nascimento até os 4 ou 6 meses; se deve a que o organismo da criança ainda é imaturo e só tem capacidade para assimilar o leite materno ou, se necessário, de fórmulas lácteas.

  • Período de transição. Vai do fim dos 4 ou 6 meses ao primeiro ano de idade; o organismo do pequeno amadurece e aprende com outros alimentos, aproximando-se das suas capacidades às do adulto.

  • Transposição para a dieta familiar. A partir do ano de idade, as funções biológicas alcançam quase o grau de eficiência de uma pessoa adulta, e a maturação no desenvolvimento psicomotor permite que a criança aprenda a comer por si só; o bebê abandona por completo a alimentação peito e consome praticamente todas as provisões que há em casa, exceto café, picante ou temperos.

Como saber quando


Se bem que cada bebê é diferente, existem alguns sinais que permitem distinguir o momento em que se lhe podem fornecer alimentos sólidos. Uma delas é o interesse crescente do pequeno para o que estão comendo os adultos: olha intensamente para alguém que come, há ruídos, inquieta, observa com insistência os alimentos e tenta sujeitá.


Embora, nestes casos, é comum que a criança fique mais curiosidade sobre os utensílios que por os próprios alimentos, convém deixá-lo brincar com as colheres ou uma tigela de plástico, enquanto os adultos comem, de modo que esta prática lhe sirva para familiarizar-se com os referidos artigos.


Outra característica dos bebês já podem incorporar novos alimentos, é que são capazes de se sentar sem ajuda, demonstrando avanços notáveis em sua habilidade motora (capacidade de movimento), e, acima de tudo, que aumentam com grande notoriedade e a sua necessidade de leite materno, superando, de longe, o aumento progressivo do apetite que se apresenta durante os primeiros meses de vida.


Período de transição


Durante esta etapa, que se recomenda-se que se incorpore apenas um alimento por vez, deixando transcorrer de 3 a 4 dias para introduzir um produto novo (sem abandonar os anteriores), a fim de determinar facilmente possíveis intolerâncias ou reações alérgicas. As porções ao princípio serão pequenas, em seguida, irão aumentando pouco a pouco.


A comida da criança deve estar morna ou moderada, e são recomendadas por completo as temperaturas muito quentes ou frias; se, apesar disso, o pequeno rejeita o alimento e não há sintoma algum de doença, não deve haver preocupação, e a conduta a adoptar seria de esperar uns dias, e começar novamente.


Se você se preparar purês e alimentos, estes devem ter consistência macia e, pouco a pouco, se lhes dará consistência mais espessa, pois desta forma a criança aprende a mastigar e evita a rejeição de produtos em idades posteriores. Além disso, a alimentação deve-se distribuir em quatro refeições diárias para criar um horário habitual, e para manter a boa saúde bucal devem ser evitados “entradas”, guloseimas, refrigerantes e sucos artificiais.


Não há necessidade de adicionar sal ou açúcar aos alimentos para um bebê, e você deve evitar comida temperada a gosto dos adultos; recomenda-se também a não dar mel de abelha para as crianças menores de um ano, devido a que conserva restos de pólen) que podem causar o botulismo infantil, envenenamento causado pela toxina de uma bactéria e que pode causar paralisia a nível do sistema nervoso.


Guia mês a mês


Apresentamos um guia para a incorporação paulatina de nutrientes semi-sólidos até o primeiro ano de vida, lembrando-se de que os parâmetros estimados não são rígidos e que a alimentação com leite materno, pode manter-se os primeiros 12 meses de vida.


4 e 5 meses. Neste período, ela será oferecida ao bebê só uma refeição sólida por dia, que pode ser:



  • Legumes. Recomendam-Se como o primeiro alimento sólido, e se consumam frescas e com o mínimo de cozimento para que mantenham suas propriedades e que possam ser digeridas pela criança; pode começar com papinhas de abóbora, chuchu ou cenoura.

  • Fruta. Inicie com purê de maçã, pêra ou banana madura; para adoçar deve usar muito pouco açúcar.

6 Meses. Esta fase caracteriza-se pela incorporação de cereais; da mesma forma, se oferece uma única refeição sólida por dia.



  • Cereais. Farinha de milho ou elaborada com fórmula láctea (retomada), bem como trincas de arroz bem cozido, tipo mingau. Evitar o trigo e os cereais integrais.

  • Legumes. Pode incluir-se purê de batata. Se a criança tiver assimilado várias leguminosas, podem ser combinadas.

7 Meses. Nesta idade, podem ser feitas duas refeições sólidas por dia.



  • Cereais. Se você optar por fornecer este tipo de alimentos, escolha aqueles especialmente formulados para bebés; procure os que contenham ferro ou que recomende o seu pediatra.

  • Carne. Pode incluir frango cozido (sem pele) cortado em pedaços muito pequenos ou liquefeito.

  • Frutas. Continue com frutas da estação bem madura (as goiabas devem preparar-se sem sementes), excetuando pêssego, morango, framboesa, amora, kiwi ou outras de que se saiba que causam alergia a algum parente em linha direta (pais ou avós).

  • Legumes. É possível dar sopa de vegetais (sempre que o pequeno tenha demonstrado que assimila os principais ingredientes) com um pouco de arroz. Você também pode iniciar o consumo de vegetais de folhas cozidas (acelga, espinafre).

  • A gelatina pode aderir a esta idade.

8 Meses. As papinhas podem ser adoçado com mel de milho, e os purés de legumes podem levar algumas gotas de óleo de oliva.



  • Cereais. Podem ser fornecidas atole e papinhas com aveia; pode-se considerar também o trigo, desde que não seja integral.

  • Frutas. Uvas sem pele nem sementes.

  • Leguminosas. Feijão, ervilhas e lentilhas são assimiláveis pelos pequenos; grão-de-bico e feijão ainda não. Novamente, a exceção são as crianças com pais ou avós que manifestam alergia a qualquer um desses produtos.

  • Legumes. Adicione a couve bem cozida, sem partes duras

9 Meses. Podem incluir-Se sabores doces, mas sem exagero, para não acostumar mal ao pequeno.



  • Frutas. Compotas e geléias elaboradas com aqueles frutos assimilados pela criança; não recomendam-se as processadas industrialmente pelo conteúdo de conservadores, corantes e aromas artificiais.

10 a 12 meses. É possível iniciar o consumo de lácteos.



  • Lácteos. É possível consumir queijos frescos e tipo petit, culturas de bacilos lácteos, o iogurte natural adoçado com açúcar ou mel de milho (evite os que contenham frutas).

  • Legumes. Tomate sem pele nem sementes (sozinho ou em molhos naturais, sem temperos ou picante), alface finamente cortada e brócolis cozido.

  • Frutas. Você pode adicionar cítricos, exceto laranja.

1 ano. A partir dos 12 meses fala-se da transposição para a dieta familiar, processo que consiste em levar, de forma definitiva, os bebês para ter uma alimentação como a do adulto. É neste momento, quando se incorporam alimentos que possam causar alergias, como ovo, trigo integral, creme de amendoim, peixes e frutos do mar, suco de laranja, ou de qualquer de que se tem antecedente familiar. Também se podem incluir:



  • Chocolate e doces, sem excesso.

  • Todos os produtos elaborados com leite de vaca ou de outros mamíferos.

  • Mel de abelha.

  • Carnes vermelhas, mas com baixo teor de gordura.

  • Macarrão e sopas de macarrão (isto se deve ao fato de que contêm ovo).

Cabe mencionar que durante todo o processo de ablactación deve contar com a assessoria do pediatra, e que qualquer reação desfavorável da criança para algum alimento será comunicada de imediato ao especialista. Apenas algumas recomendações:



  • O pai deve participar na alimentação do pequeno, e não só a mãe, a fim de que a criança aprenda que não é necessária a presença de mãe para comer.

  • Começa a alimentar o seu bebé com uma colher a partir dos 4 ou 6 meses de idade, colocando o alimento no centro da língua, para que não o devolva.

  • Se o pequeno tenta levar a colher, é melhor distrair com os alimentos que se comem com a mão (um bocado de fruta) ou dar-lhe outra colher para que tenha em suas mãos.

Finalmente, lembre-se que não existem períodos fixos em relação ao fim da amamentação, já que cada bebê é diferente, e que os tempos que aqui tratamos são apenas uma aproximação.

Tratamento da disfunção erétil / impotência

A grande maioria de homens com problemas de ereção podem receber diferentes tratamentos, todos eles eficazes e seguros, se tomados seguindo os conselhos do médico, e podem chegar a resolver o problema.


O tratamento deve basear-se primeiramente na identificação das causas que provocam a disfunção erétil.


Às vezes uma simples mudança nos medicamentos que estão a tomar para controlar outras patologias pode ser suficiente.


O tratamento mais comum para os problemas de ereção é o tratamento oral, utilizando os chamados inibidores da fosfodiesterase-5.


Estes fármacos têm características diferentes, devendo adaptar-se às necessidades de cada paciente, assim temos:


Medicamentos orais, os chamados inibidores da PDE5, que você pode tomar:


1. a demanda, com um início de acção rápido e uma duração do efeito de 4-6 horas.


a. a estes há que se tomar com água ou


b. sem água, dissolvendo-se na boca em 10-15 segundos


2. a demanda, com um início de ação mais lento e com uma duração do efeito de 24-36 horas.


3. orais tomados diariamente


Estes tratamentos facilitam a dilatação das artérias e, portanto, aumentam a entrada de sangue no pênis, facilitando a ereção. Mas, tal como vimos anteriormente, para que isso ocorra, é imprescindível o estímulo sexual, que é o que desencadeia a cascata de neurotransmissores que relaxam o músculo das paredes cavernosas.


Outro tipo de tratamentos que podem ser usados são:


Injeções no pênis: a substância injetada tem uma ação local que facilita a ereção.


Gel de aumento peniano: O uso de gel para aumento como Libid Gel, pode ser considerado um tratamento eficaz contra disfunção erétil devido o seu aumento de libido e evita a ejaculação precoce.


Dispositivos de vácuo: provocam um vazio, fazendo com que o pênis se encha de sangue e ocorra a ereção.


Cirurgia: Em geral, e quando os métodos anteriores não são eficazes, recomenda-se a colocação de uma prótese de pênis.


Tratamento hormonal: no caso em que os problemas de ereção são de causa hormonal, como pode ser por deficiência de Testosterona.


Tratamento psicológico: é indicado para os homens com problemas de ereção de causa psicológica ou mista.


Ondas de choquesão ondas de baixa energia que aplicadas na região genital produzem um efeito benéfico sobre a circulação sangüínea, podendo melhorar a função erétil.


Tratamentos tópicos: creme de aplicação local, com efeito a 5-30 minutos após a aplicação.


Apenas o seu médico pode dizer-lhe qual é o tratamento da Disfunção Erétil mais adequado para você. Apenas uma farmácia credenciada poderá objetivo de fornecer a você a medicação que lhe foram prescritos.


O consumo de medicamentos, obtidos através de canais de distribuição ilegal (internet, revendedores ilegais, etc…) e os medicamentos falsificados representam um grande risco para a sua saúde.


Se você tiver qualquer dúvida sobre o diagnóstico ou o tratamento mais adequado para você, não hesite em consultar o seu médico.

Macho Macho – Confira nossa análise

Querendo saber informações sobre Macho Macho? Chegou ao lugar certo, eu tenho um relato pessoal a respeito deste produto que vai te deixar não só curioso para ler todo artigo como vai ser divertido e muito, mas muito caliente 🙂


Bom infelizmente se você chegou aqui é por que está devendo umas boas surras na patroa, teu amigão já não está correspondendo ao recado e para problemas extremos como esse, são necessárias medidas extremas, e é por isso que existem alguns remédios como viagra etc.


Minha experiência com Macho Macho foi por meio do meu namorado, ele é bem mais velho que eu, ele tem 43 anos e eu tenho 28, então eu tenho muito mais energia que ele, e realmente ele precisa as vezes tomar um energético para segurar a onda.


aumento-penianoDepois de um tempo, ele começou a precisar de uns incentivos e começou a tomar viagra, como ele já está ficando mais sedentário o médico falou que não era muito bom ele tomar muito, pois poderia afear o coração, todos nós sabemos que remédios sempre tem efeitos colaterais, foi então que começamos a pesquisar mais sobre afrodisíacos e produtos naturais que pudessem substituir o viagra.


Quando nos deparamos com as propagandas de Macho Macho foi uma piada, eu fazia muitas brincadeiras e ele também, era muito engraçado toda essa situação, a gente não acreditava que Macho Macho era mesmo um afrodisíaco que pudesse dar resultado.


Mas precisamos dar o braço a torcer, quando ele tomou o Macho Macho pela primeira vez, ele parecia uma máquina de sexo, ele não conseguia apagar aquele fogo, era algo surreal… sempre que ele tomava era a mesma reação, algumas vezes mais demoradas ele chegou a demorar mais de uma hora para gozar, era incrível, nós dois ficávamos totalmente satisfeitos sexualmente, você consegue imaginar uma situação como essa?


Não é de hoje que grande parte da população masculina sofre com problemas de ereção, que consistem na incapacidade de atingir e manter uma ereção suficiente para um bom desempenho sexual, quando o pênis não consegue ficar suficientemente rígido (ereto) para permitir a penetração.


Embora os problemas de ereção sejam considerados comuns, eles costumas ainda gerar grande preocupação e constrangimento.


Inúmeros fatores podem causar ereção que, na verdade, é um processo complexo que envolve alterações dos músculos, nervos e vasos sanguíneos do pênis. Explicando de uma forma simples, os problemas de ereção ocorrem porque não chega sangue suficiente ao pênis, ou o sangue não se mantém no pênis durante o tempo necessário para que haja ereção.


Os problemas de ereção tendem a se tornar mais comuns com a idade, geralmente afetando homens mais velhos, porém, eles podem atingir homens de qualquer idade e em qualquer momento de suas vidas. Enquanto as causas físicas são mais comuns em homens mais velhos, as causas psicológicas são mais comuns entre os jovens.


A boa notícia é que já existem tratamentos eficazes disponíveis contra problemas de ereção, e Macho Macho é um deles, que promete devolver sua potência e turbinar sua ereção!


O que é Macho Macho?


Macho Macho n é um potente spray retardador masculino, capaz de retirar parte da sensibilidade do pênis, proporcionando maior controle da ejaculação do homem.


E mais, também retarda a ejaculação, prolongando, assim, o tempo de ereção.


Macho Macho também proporciona leve aquecimento que acaba aumentando ainda mais a excitação.


Não é à toa que Macho Macho é líder de vendas no mercado. Ele retarda a ejaculação, retirando a sensibilidade do local, além de proporcionar um maior controle da ereção para o homem.


A fórmula poderosa de Macho Macho ajuda a prolongar a relação sexual, além de oferecer uma incrível rigidez no pênis, fazendo com que alcance o máximo de prazer da sua parceira e proporcione a ela momentos inesquecíveis.


Enfim, Macho Macho promete lhe devolver sua virilidade e sua autoestima


Quem pode usar Macho Macho?


Por ter uma fórmula 100% natural, Macho Macho não apresenta efeitos colaterais. Portanto, qualquer um pode usar o produto, sendo indicado para o público masculino, que poderá ver seus resultados rapidamente e, assim, aproveitar melhor seus benefícios.


Efeitos colaterais


Como já foi dito, Macho Macho é um produto cuja fórmula é completamente natural, por isso, não possui efeitos colaterais.


Como devo utilizar Macho Macho?


Usar Macho Macho é bem simples, basta aplicar o produto na mão, depois massagear o pênis ereto e o escroto, principalmente na glande. Então, aguardar de 3 a 5 minutos para obter o efeito desejado.


Quais os benefícios de Macho Macho? Eles são comprovados cientificamente?


Sem dúvida, os benefícios de Macho Macho vão muito além dos físicos, já que devolve a autoestima e qualidade de vida. E dentre os benefícios físicos de Macho Macho, podemos citar os seguintes:



  • Sexo sempre que quiser: Por ter uma durabilidade grande, Macho Macho oferece um forte poder de ereção, fazendo com que esteja pronto para o sexo todos os dias, a qualquer hora.

  • Ereção Prolongada: Macho Macho diminui a sensibilidade peniana, aumentando e fortalecendo a ereção masculina ao máximo, lhe ajudando a ter um maior controle de sua ereção.

  • Controlar a ejaculação: Macho Macho proporciona maior controle sobre a ejaculação, diminuição da sensibilidade da glande e atraso no reflexo ejaculatório.

  • Não possui efeitos colaterais: Macho Macho tem fórmula natural e não apresenta efeitos colaterais, é a solução para homens que querem resolver seus problemas de disfunção sexual definitivamente.

Vale saber que a fórmula de Macho Macho foi desenvolvida por meio de estudos comprovados no controle da saúde do corpo, tendo em sua fórmula compostos que são essenciais para aumentar a ereção e diminuir a ejaculação precoce.


Depoimentos


Então, mesmo a fórmula do produto sendo com ingredientes 100% naturais e testados por cientistas, nada substitui um bom depoimento de quem já testou e comprovou os benefícios de algum produto, não é mesmo?


Por isso, separamos abaixo alguns depoimentos de pessoas que ficaram tão satisfeitas com os resultados de Macho Macho que resolveram compartilhar suas experiências com a gente, confira:


Então, o que está esperando, se beneficie também de Macho Macho e garanta noites incríveis para você e sua parceira ou parceiro.


como-aumentar-o-pênis


Garantia de Satisfação


E mais, justamente, por acreditar nos resultados, Macho Macho oferece uma garantia de satisfação incrível!


Ou seja, caso o produto não atenda as suas expectativas, você terá 30 dias para devolução e reembolso do seu dinheiro. Ou seja, caso não fique satisfeito, terá seu dinheiro de volta, sem burocracias!


Certamente, isso só acontece porque o fabricante de Macho Macho acredita nos resultados do produto.


Mas atenção, essa garantia especial só é válida apenas para quem comprar o Macho Macho no seu site oficial.


Macho Macho é vendido na farmácia ou Mercado Livre?


Não, a venda é exclusivamente feita pelo site oficial de Macho Macho, nenhum outro site está autorizado a comercializar o produto.


Embora seja até possível encontrar Macho Macho no Mercado Livre, OLX ou sites similares, você estará correndo um grande risco de comprar um produto falsificado. Ou seja, só no site oficial você tem a garantia de estar comprando o produto original e, realmente, eficaz, sem falar que só no site consegue as promoções e a garantia de qualidade.


Portanto, não corra riscos, tenha certeza de estar adquirindo Macho Macho original, comprando em seu site oficial!


E atenção, o fabricante não se responsabiliza por compras efetuadas em outros sites.


Onde comprar Macho Macho?


Para comprar Macho Macho original e com todas as garantias e segurança, o produto só deve ser adquirido em seu site oficial.


Só o site oficial oferece vantagens e benefícios exclusivos como garantia especial para uma compra sem riscos, facilidade nas formas de pagamento, compra com total segurança e sigilo, garantia de entrega, descontos e promoções com preços incríveis, qualidade e eficácia comprovada, produto original, entre outros.


Vale lembrar que nenhum outro site tem autorização para comercializar o produto.


Por isso, evite falsificações e pirataria que podem causar diversos problemas à sua saúde, compre apenas Macho Macho em seu site oficial!


Não perca tempo, tenha de volta sua virilidade e garanta sua potência com Macho Macho!


Qual o prazo de entrega do Macho Macho?


Após comprar Macho Macho, o prazo para que seus dados estejam no sistema, é de até 72 horas.


Preço


Comprando agora em seu site oficial, você vai encontrar interessantes ofertas de kits para que escolha o que melhor combine com você. Mas atenção, essa promoção é por tempo limitado. Portanto, garanta agora mesmo a sua compra!


Comprar Macho Macho


Agora que você chegou nessa parte do artigo é por que de fato está ponderando a compra de Macho Macho, eu sei que você pode estar duvidando, pode estar achando que é uma mentira, mas eu te garanto que não é, além do mais a empresa lhe dá uma garantia de 30 dias, ou seja, se você achar que não sentiu melhoras poderá pedir reembolso.


depoimento-power-blue-long


A empresa trabalha sério não é uma empresa de garagem, eles possuem uma estrutura forte de atendimento, entrega, trata-se de uma estrutura profissional, vocês acham que iriam fazer um produto que não funciona?


A qualidade de minha relação sexual mudou da água para o vinho, eu só posso falar bem desse produto, ele de fato fez uma grande mudança nos pontos que eu mas precisava, eu não queria mudar de namorado, a gente se dá super bem, somos ótimos amigos, parceiros de verdade, mas era mesmo decepcionante ver que nossa relação sexual estava indo cada vez mais piorando, era triste ver que nosso relacionamento estava indo ladeira abaixo.


Então, dê uma chance para o Macho Macho, dê uma chance para seu relacionamento, tente algo diferente e encare as coisas de forma natural. Assim como você outras pessoas melhoraram sua vida sexual e tudo que era ruim agora ficou para trás.


Tenha uma vida nova com Macho Macho, eu tenho certeza que você vai melhorar muito sua relação, tome coragem e compre agora Macho Macho sem medo!



 


 

Asma: sintomas, causas e tratamentos

A asma é uma doença respiratória crônica, o que quer dizer que não se cura, se vive com ela. No entanto, com os cuidados e a atenção adequada, você pode controlar.


Este transtorno é gerado porque os brônquios (tubos encarregado de transportar o ar para os pulmões), se inflamam, causando uma obstrução que pode ser maior ou menor, conforme o caso.


Não se sabe qual é a exata causa da asma, até o momento, acredita-se que está associada a fatores genéticos (a presença da doença nos pais, supõe uma carga hereditária que pode transmitir a doença; as alergias hereditárias podem também ser um factor influente e até mesmo certas infecções respiratórias adquiridas durante a infância) e ambientais, como o frio, o exercício, as partículas de poeira, produtos químicos, fumaça ou os resíduos do cabelo animal, estímulos que podem ser desencadeantes da doença.


Sinais e sintomas


A dificuldade para respirar, sensação de falta de ar e os ruídos sibilância no peito, são talvez os sintomas mais comuns.


Os seguintes sinais podem indicar a doença da doença:


– Suspiro ou falta de ar
– Tosse
– Sensação de opressão torácica
– Sibilancia
– Fadiga


Se estes se agravarem, se produz a famosa “crise de asma”, a qual pode durar vários dias, dependendo da gravidade e os fatores ambientais (fumo de tabaco, contaminantes externos, poeira, frio, etc.) a que está exposta a pessoa.


Como tratá-la?


Uma vez identificados estes indícios, o mais aconselhável é ir ao médico e solicitar radiografias do tórax e vários testes para saber se a origem é causada por alergias ou tem alguma relação com problemas cardíacos.


As fórmulas e medicamentos que melhor se ajustem às condições e grau da doença do paciente, depende do critério e a avaliação que o médico faça do caso.


Além de seguir o tratamento, é de vital importância manter-se afastado dos fatores que contribuem para agravar a asma.
Estima-Se que cerca de 5% da população mundial sofre de asma, ou seja, cerca de 300 milhões de pessoas, no entanto, ainda não existe uma cura, é possível controlá-la para viver uma vida saudável e bem-estar.


Eu vi os detalhes desta doença? Você sofre de asma ou se você tem algum familiar nesta situação?
Lembre-se que é muito importante visitar um especialista e nunca auto farmácia!


Um grupo de profissionais em diferentes áreas da saúde está à sua disposição para resolver as suas preocupações.

Fale com nossos especialistas